Ford Ranger conquista recorde histórico de participação nas picapes em 2020

A Ranger fechou 2020 com 18,5% de participação no segmento, um crescimento de 10% sobre o ano anterior
A picape média da Ford foi a que mais ganhou participação de mercado entre as líderes da categoria
Além de consolidar a liderança nas séries intermediárias, a Ranger avançou também nos modelos topo de linha

A Ford Ranger foi a picape média que mais ganhou participação de mercado entre as líderes do segmento em 2020, com um crescimento de 10%, ou 1,7 ponto percentual a mais que 2019, fechando o ano com o recorde histórico de 18,5% das vendas.
Como principais destaques, a picape da Ford consolidou a sua liderança nas séries intermediárias, onde avançou de 30,8% para 32% com as versões 2.2 XLS. E ganhou espaço também nas versões de topo, nas quais passou de 16,2% para 17,2% com os modelos XLT e Limited.
O sucesso de vendas veio acompanhado ainda de importantes reconhecimentos por parte dos clientes e da mídia especializada, que deram vitória à Ranger em diferentes prêmios, comparativos e pesquisas de satisfação.
“Esse crescimento de vendas da Ranger é reflexo direto das melhorias do produto, que a fazem ser considerada hoje a picape mais robusta, com o melhor desempenho off-road e as tecnologias de assistência mais avançadas da categoria”, diz Fabrizzia Borsari, gerente de Picapes da Ford.
Segundo ela, vendo de uma perspectiva mais ampla, a Ranger praticamente dobrou a sua participação no segmento desde o lançamento da nova versão global em 2012, com um crescimento de 97%.
Em 2019, a picape teve outra renovação. Além de introduzir uma nova suspensão e outros aprimoramentos, tornou-se a pioneira a oferecer tecnologias como sistema de frenagem autônoma com detecção de pedestres, reconhecimento de sinais de trânsito, piloto automático adaptativo e sistema de permanência em faixa.
Em 2020, a linha lançou a Ranger Storm, nova versão off-road com uma combinação única de desempenho, estilo, equipamentos e preço que também foi muito bem recebida pelo mercado.