O rali vai ganhar as telas do cinema

Roteiro que terá como base a história de sucesso do Rally de Erechim, já está sendo planejado por diretor brasileiro que reside na “capital do cinema mundial – Los Angeles”

Já se vão alguns anos que o Rally de Erechim é considerado a melhor prova de rali de velocidade do Brasil e uma das mais importantes da América do Sul. São mais de 20 anos de história e fortalecimento do esporte no Brasil.

E agora, a prova da cidade de Erechim, que fica ao norte do RS, vai ganhar as telas do cinema. Será baseada na história de sucesso e paixão do Rally de Erechim, que o ator e produtor brasileiro, Emiliano Ruschel, vai produzir seu mais novo filme.

A intenção, segundo ele, é trabalhar um filme que tenha como pano de fundo o rali de velocidade, mais precisamente a importância que a prova de Erechim tem para o esporte no Brasil e na América do Sul.

“A idéia é produzir um filme de entretenimento, criar personagens, uma história, quem sabe de um piloto de rali, algo que leve para o mundo todo a nossa cultura, por isso a intenção de ambientar a história em Erechim”, salienta Emiliano.

Este não será o primeiro filme de ação nas pistas produzido pelo produtor brasileiro, que há quatro anos reside em Los Angeles, Estados Unidos. Lançado recentemente, Maverick – Caçada no Brasil, já começou a ser distribuído para o público assistir.

Segundo Emiliano, tanto Maverick, quanto este novo filme, agora ligado ao rali, será gravado em inglês, uma maneira de atingir o máximo possível d divulgação em nível internacional.

Conhecendo o rali

Emiliano conheceu o Rally de Erechim e o rali de velocidade, através do amigo de infância, Vinicius de Moura, que reside em Passo Fundo, cidade onde também foi ambientado parte do filme Maverick.

“Eu pedi a ele que me levasse conhecer o esporte. Então veio o contato com o Dirceu  (Cabral, coordenador técnico do Erechim Auto Esporte Clube, entidade que promove o Rally de Erechim). E a partir dai a ideia de vir à Erechim e conhecer um pouco mais, in loco”, salienta.

Por isso, nesta sexta-feira, 16, Emiliano conheceu o carro Mitsubishi Lancer, dos irmãos Juliano e Rafael Sartori, dupla que é de Erechim e já competiu em nível estadual e internacional. Com Rafael na pilotagem, pode sentir a adrenalina e emoção de andar em um carro com mais de 300 CVs de potência e que pode atingir velocidade acima dos 200 KM/h.

Mais que isso, Emiliano também pilotou o carro. “Sensacional, uma experiência única. Foi muito legal poder ter andado no carro, mais que isso, pilotado. Sentir as reações, a maneira com que o carro se comporta, impressionante mesmo”, completou Emiliano.

O filme

Emiliano destaca que o primeiro passo para produção do filme baseado no Rally de Erechim foi conhecer a cidade e o esporte. Ele conversou com integrantes da direção do Erechim Auto Esporte Clube e pode ter uma noção melhor de como funciona o esporte.

“A partir de agora começam os estudos, a criação, o desenvolvimento de todas as etapas”, destaca. Ele acredita que um projeto como este, deve levar entre 2 e 2 anos e meio para ir para as telas. No próximo sábado, dia 24, Emiliano estará novamente em Erechim para acompanhar o Training Day, evento que será o treino de férias do rali de velocidade brasileiro, e que será realizado na cidade, reunindo competidores de vários estados brasileiros.